Page Nav

HIDE

Grid

LIST_STYLE

Pages

Classic Header

{fbt_classic_header}

Header Ads

GDF Contra a Dengue

Destaques

latest

Parceria entre o Hutrin e o Hemocentro de Goiás ajuda a repor banco de sangue no Estado

  Ação conseguiu 47 doações de sangue e 30 cadastros para a doação de medula óssea Foto: Divulgação                                       ...

 

Ação conseguiu 47 doações de sangue e 30 cadastros para a doação de medula óssea

Foto: Divulgação
                                                                      

A parceria entre o Hospital de Urgências de Trindade (Hutrin) e o Hemocentro de Goiás para aumentar os estoques de sangue no Estado conseguiu 47 doações e 30 cadastros de doação de medula óssea. Uma conquista importante diante da redução dos estoques de sangue em meio à pandemia.

“Agradecemos a todas as pessoas que saíram de suas casas e nos ajudaram com tamanha benevolência. A doação de sangue e medula é um gesto de compaixão e solidariedade”, diz Getro de Oliveira Pádua, diretor Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento – IMED, que a administra o hospital.

A coleta de sangue e o cadastramento da medula óssea aconteceram na segunda semana de fevereiro em uma unidade móvel do Hemocentro de Goiás instalada nas dependências do Hutrin.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), são realizadas 92 milhões de doações de sangue por ano em todo o mundo. Uma pessoa doa, no máximo, 450 ml de sangue e essa única doação pode salvar até quatro pessoas. Dessa forma é essencial que as pessoas saudáveis doem sangue continuamente.

 

Devido à pandemia os bancos de sangue apresentaram uma diminuição nos estoques de bolsas. Segundo a Colsan (Associação Beneficente de Coleta de Sangue), os postos de coleta de sangue sofrem com uma queda de 30%. Doar sangue é um ato seguro e todos os materiais usados no procedimento são descartáveis.

                                                                                                                      

No Brasil, segundo a OMS, cerca de 1,9% dos brasileiros doam sangue regularmente. Para evitar aglomerações, novas medidas foram adotadas, dessa forma para poder realizar a doação de sangue é preciso agendar com antecedência um horário em umas das unidades que realizam a coleta.  Os cuidados com a higienização foram intensificados pelos hemocentros, lavagem de mãos, o uso de antissépticos e higienização de instrumentos e superfícies.

 

_______________________________________________________________

Assessoria de Comunicação / Ecco Comunicação

                                                                                                                                             

Aline Marinho (11) 95484-9927 – aline@ecco.inf.br  

Camila Braunas (62) 99538-8650 – camila@ecco.inf.br

 

Nenhum comentário