Page Nav

HIDE

Grid

LIST_STYLE

Pages

Classic Header

{fbt_classic_header}

Header Ads

Destaques

latest

Neoenergia destaca benefícios para pais em momento único de suas vidas

A licença paternidade estendida faz parte do Programa de Diversidade da companhia, que promove diversidade e inclusão, focando sempre na val...



A licença paternidade estendida faz parte do Programa de Diversidade da companhia, que promove diversidade e inclusão, focando sempre na valorização dos colaboradores



Cassio Cardoso (esq.) e seus filhos

Em celebração ao Dia dos Pais, comemorado no próximo dia 8, a Neoenergia destaca os benefícios oferecidos para seus colaboradores em um momento único vivido na família: a chegada de uma criança. A companhia, por meio do seu Programa de Diversidade, busca promover a diversidade e inclusão em todos os âmbitos e, por isso, garante aos homens a licença paternidade estendida para possibilitar criar os laços dos primeiros momentos com o filho.

Os pais podem usufruir de 20 dias ausentes no trabalho, a contar a partir do nascimento ou chegada da criança, e esse benefício também pode ser requisitado por casais homoafetivos e pais adotivos, em um período que pode chegar a 120 dias. A licença é remunerada e não gera nenhum prejuízo ao colaborador.

"Temos a preocupação de apoiar nossos funcionários em todas as fases da vida e a licença estendida reforça esse cuidado. Nossa ideia é promover o bem-estar nesse momento único, em que a presença dos pais é tão importante e pode fazer toda a diferença seja qual for o formato da família", conta Régia Barbosa, superintendente de Desenvolvimento Organizacional da Neoenergia.

O colaborador Cassio Cardoso, que atua na área de TI, solicitou a licença paternidade para o seu terceiro filho, nascido recentemente, em julho. O bebê, que veio ao mundo de parto natural, chegou um ano e meio depois do segundo filho, o que foi bastante trabalhoso nos primeiros dias de vida. "A licença foi muito importante para mim, pois possibilitou que ficasse com o meu filho de um ano em casa e indo ao hospital para dar assistência à mãe. Mesmo em casa, minha esposa ainda precisava de apoio e fiquei integralmente com nosso outro filho para não sobrecarrega-la, além de assumir funções fora de casa como comprar fraldas e pomadas para o bebe", conta o pai, que também tem um filho de 33 anos. "Esse período é essencial para incentivar o pai a ajudar nos momentos iniciais do filho e desafogar a mãe nos primeiros dias", ressalta.        
 
Sobre o Programa de Diversidade
Como reforço a um de seus principais pilares, a Neoenergia tem o Programa de Diversidade, que atua para promover um ambiente de trabalho de inclusão, respeito às diferenças, empoderamento e combate ao preconceito. Em junho, a empresa lançou o webapp Junt+s, uma plataforma exclusiva para multiplicar conteúdo, com depoimentos, informações, números de diversidade, vídeos e jogos. Neste espaço, as equipes da empresa podem estar sempre informadas em relação ao assunto, saber reconhecer e desempenhar boas práticas nos mais diferentes ambientes e ter acesso a todos os benefícios de promover a diversidade em todos os campos da vida.

Dentro da estratégia, a companhia prevê revisar constantemente os processos de Recursos Humanos, atuar em recrutamento e seleção para fazer processos seletivos mais inclusivos, formar sua liderança para gestão da diversidade e seguir fomentando ações de diversidade para empoderamento e combate ao preconceito.

A Neoenergia mantém ainda uma Política de Igualdade de Oportunidades e Conciliação, não admitindo qualquer tipo de discriminação por raça, cor, idade, sexo, estado civil, ideologia, opiniões políticas, nacionalidade, religião, orientação sexual ou qualquer outra condição pessoal, física ou social entre seus profissionais. As iniciativas estão em consonância com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, especialmente ao número 5, Igualdade de gênero.

SOBRE A NEOENERGIA: companhia de capital aberto com ações (NEOE3) negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo. Parte do grupo espanhol Iberdrola, a empresa atua no Brasil desde 1997, sendo atualmente uma das líderes do setor elétrico do país. Presente em 18 estados e no Distrito Federal, seus negócios estão divididos nas áreas de geração, transmissão, distribuição e comercialização. As suas distribuidoras, Coelba (BA), Celpe (PE), Cosern (RN), Elektro (SP/MS) e Neoenergia Distribuição Brasília (DF) atendem a mais de 15 milhões de clientes, o equivalente a uma população superior a 37 milhões de pessoas.

A Neoenergia possui 4 GW de capacidade instalada em geração, sendo 88% de energia renovável, e está implementando mais 1 GW com a construção de novos parques eólicos. Em transmissão, são 2,2 mil km de linhas em operação e 5,4 mil km em construção. Por meio do Instituto Neoenergia, fomenta o desenvolvimento sustentável a partir de ações socioambientais e, assim, contribui para a melhoria da qualidade de vida das comunidades onde a empresa atua, sobretudo, pessoas mais vulneráveis, visando sempre pelo desenvolvimento sustentável. A companhia é primeira empresa no País a patrocinar exclusivamente a Seleção Brasileira de Futebol Feminino, dando nome à competição nacional, que passa a se chamar Brasileirão Feminino Neoenergia. Desde janeiro 2021, integra a carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial da B3 – Brasil, Bolsa, Balcão – que reúne companhias que possuem as melhores práticas de governança e sustentabilidade corporativa.

SOBRE A NEOENERGIA BRASÍLIA: A Neoenergia Brasília, reconhecida pelos consumidores como a melhor distribuidora de energia do Centro-Oeste no Prêmio Aneel de Qualidade 2020, é uma empresa do grupo Neoenergia e responsável pela distribuição da energia elétrica das 33 Regiões Administrativas que compõem o Distrito Federal, com mais de 1 milhão de unidades consumidoras e atendendo a 3,3 milhões de pessoas. É a terceira maior distribuidora de energia elétrica do Centro-Oeste, de acordo com o ranking da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), e sua área de concessão é de 5.780 quilômetros quadrados e abrange todo o Distrito Federal.

Nenhum comentário