Page Nav

HIDE

Grid

LIST_STYLE

Pages

Classic Header

{fbt_classic_header}

Header Ads

Destaques

latest

Série apresenta iniciativas de cooperação pela Educação em todo o Brasil

O primeiro, dos 13 e-books, conta a história do ADE Chapada Diamantina e Regiões Crédito: divulgação/Instituto Positivo Para registrar e dis...

O primeiro, dos 13 e-books, conta a história do ADE Chapada Diamantina e Regiões


Crédito: divulgação/Instituto Positivo


Para registrar e disseminar a experiência dos Arranjos de Desenvolvimento da Educação (ADE) em funcionamento no Brasil, o Instituto Positivo lança uma série com 13 e-books que resgatam os detalhes da implantação, do crescimento e dos planos para o futuro de cada uma das iniciativas. Todo o conteúdo foi desenvolvido a partir do diálogo e da aplicação de uma pesquisa com as lideranças dos Arranjos, valorizando a cultura e as particularidades de cada região. Os e-books serão lançados ao longo dos próximos meses de 2021 e 2022.

O primeiro e-book conta a história da iniciativa pioneira no Brasil: o ADE Chapada Diamantina e Regiões, na Bahia, primeiro Arranjo do país, atualmente formado pelos municípios: Boa Vista do Tupim, Boninal, Ibitiara, Iraquara, Jacobina, Lençóis, Mucugê, Novo Horizonte, Palmeiras, Piatã, Seabra e Souto Soares. Há mais de 20 anos, o território trabalha em colaboração para superar desafios da alfabetização, evasão e reprovação escolar, especialmente por meio da formação continuada de professores e coordenadores pedagógicos. Muitos frutos já foram colhidos e os resultados são visíveis nos índices educacionais. A média do Índice de Desenvolvimento da Educação (Ideb) do território, por exemplo, passou de 2,84 em 2005 para 5,77 em 2019.

“Queremos apresentar o trabalho, os desafios e as conquistas dos municípios que atuam em Regime de Colaboração por meio do ADE. Esses e-books podem servir de inspiração para outras regiões implantarem o Arranjo e avançar na qualidade da educação dos municípios envolvidos. Temos histórias de sucesso para mostrar e é isso que faremos”, explica a coordenadora de Produção e Disseminação de Conhecimento e Comunicação no Instituto Positivo, Maria Paula Mansur Mäder.

Atualmente, 225 municípios brasileiros trabalham em 13 diferentes Arranjos, alcançando resultados importantes como diminuição da evasão, correção de distorção idade/série escolar, elevação dos Índices de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), formação continuada e aprimoramento da grade curricular. 

Para conhecer mais sobre o ADE Chapada Diamantina e Regiões, é possível baixar o e-book pelo site conteudo.instituto.positivo.com.br/ade-chapada-diamantina. O próximo e-book contará a experiência do ADE Noroeste Paulista.


Instituto Positivo

O Instituto Positivo (IP) foi criado em 2012 para fazer a gestão do investimento social de todo o Grupo Positivo em favor da comunidade. A missão do Instituto Positivo é contribuir para a melhoria da qualidade da Educação Pública do Brasil por meio do incentivo ao Regime de Colaboração. Para tornar isso possível, o IP incentiva e apoia a implantação de Arranjos de Desenvolvimento da Educação (ADE) em todo o país, desenvolve pesquisas e publicações sobre o tema e participa de discussões em instâncias como MEC, CNE, Senado e Câmara de Deputados a fim de contribuir em propostas de lei e resoluções que favoreçam esse modelo de Regime de Colaboração. O Instituto também é responsável pela gestão do Centro de Educação Infantil Maria Amélia, em Curitiba, que atende gratuitamente cerca de 100 crianças em situação de vulnerabilidade social. Para ter mais informações, acesse o site do Instituto Positivo: instituto.positivo.com.br.

Nenhum comentário