Header Ads



HESLMB amplia testagem de Covid-19 para munícipes da região

  Projeto do Governo de Goiás prevê 500 exames por dia na unidade

Foto: Divulgação

O Hospital Estadual São Luís de Montes Belos – Dr. Geraldo Landó (HESLMB) iniciou nesta segunda-feira (17) a ampliação da testagem de Covid-19 para os munícipes da região. O projeto do Governo do Estado de Goiás foi acompanhado de perto pelo secretário do Estado de Saúde, Ismael Alexandrino, que compareceu à unidade no primeiro dia da ação. 

Tendas foram instaladas no estacionamento da unidade para otimizar o fluxo de atendimento. Todos os interessados passam por processo de triagem antes do exame, realizam a coleta aguardam o resultado. Os pacientes diagnosticados são encaminhados para consulta médica, realizada no próprio local, para receberem orientações. O serviço está disponível de segunda a domingo, das 8h às 17h. “Essa força tarefa pode minimizar a proliferação do vírus. É muito importante identificar os pacientes positivos para que eles possam receber as devidas recomendações”, afirma Éder Souza, diretor do hospital. 

Avanço da doença no país

A variante Ômicron, considerada por especialistas a mais contagiosa do coronavírus, tem causado preocupação global. De acordo com a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), agência internacional especializada em saúde pública das Américas, o número de casos de Covid-19 em todo território quase dobrou na primeira semana de 2022. Em 1º de janeiro foram notificados 3,4 milhões de novos casos na região. No dia 8, já eram 6,1 milhões. 

Nesta terça-feira (18), o Brasil atingiu a maior média móvel de casos desde o início da pandemia. Segundo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) 137.103 casos foram notificados nas últimas 24 horas. “É preciso manter os cuidados básicos para evitar o avanço da doença. O uso de máscara, a higienização das mãos e o distanciamento social são ações importantíssimas no dia a dia. Além disso, claro, é imprescindível ter o esquema vacinal completo para garantir maior proteção”, finaliza Éder.   

Postar um comentário

0 Comentários