Header Ads



Joaquim Loiola e nova diretoria tomam posse no Sindauto para o quadriênio 2022-2026

 Tomaram posse nesta segunda-feira (25) o presidente reeleito, Francisco Joaquim Loiola, e a nova diretoria do Sindicato dos Centros de Formação de Condutores de Veículos Automotores do Distrito Federal (Sindauto-DF). As eleições ocorrerem em 21 de fevereiro deste ano para mandato do quadriênio 2022-2021. Loiola segue à frente da entidade com a missão de prosseguir com o processo de modernização e fortalecimento da categoria


Foto: Sinval Souza.

“Hoje nosso sindicato é uma entidade representativa, aguerrida e que sabe das dificuldades do nosso setor. Estamos presentes nas discussões das nossas pautas e tivemos conquistas nos últimos anos, como a isenção do IPVA para as autoescolas que sofreram durante a pandemia”, disse o presidente reeleito.

A cerimônia de posse ocorreu na sede da Fecomércio-DF. O evento contou com a presença do presidente do Sistema Fecomércio-DF, José Aparecido, do diretor-geral do Detran-DF, Thiago Gomes Nascimento, do diretor regional do Sesc, Valcide Araújo da Silva, além de presidentes de sindicatos da Federação e afiliados do Sindauto. A esposa Vera Lúcia, as filhas Isadora e Letícia também prestigiaram a posse de Joaquim Loiola.

Em seu discurso, o presidente do Sistema Fecomércio lembrou do empenho de Loiola e da diretoria à frente do sindicato. Durante o período mais crítico da pandemia de covid-19, o grupo trabalhou, e parceria com a Federação, junto ao Executivo e ao Legislativo, para recompor perdas e avançar em melhorias para o setor. “Seguiremos batalhando pela isenção de outros tributos, como IPI e ICMS”, afirmou Aparecido.

O diretor-geral do Detran lembrou que o Sindauto é um grande parceiro da instituição. “Nossa ideia é estreitar cada vez mais essa relação, principalmente agora que outros projetos estão vindo, como a CNH Social voltada para mulheres e pessoas com deficiência. O Sindauto foi essencial na primeira etapa e seguiremos contando com o apoio da entidade”, disse Nascimento.

Para o diretor do Sesc, o Sindauto é um exemplo na luta por avanços do setor. “Testemunhamos diariamente a luta do Loiola e da sua diretoria por inovação. Recentemente o grupo foi ao Rio Grande do Sul para conhecer o que há de mais moderno e trazer para nossa cidade. Para nós, do Sesc, é uma alegria nos colocarmos à disposição e trabalharmos juntos”, declarou Valcides.

Homenagem
A cerimônia de posse foi marcada pelo resgate da história do Sindauto. O presidente reeleito homenageou seu antecessor, Luiz Eduardo Passeado, com uma placa de reconhecimento pela dedicação e trabalho desenvolvidos enquanto esteve à frente da entidade. Loiola lembrou que a inclusão das autoescolas no Simples Nacional foi possível graças à mobilização feita pelo ex-presidente. “Essa entidade tem a presteza de ser grato a tudo que você fez”, disse presidente reeleito.

Em seu agradecimento, Passeado, que presidiu o Sindauto de 2001 a 2007, estendeu a homenagem ao pai, Dilson Fernando Barbosa, também ex-presidente da entidade. No discurso, falou sobre sua relação com a Fecomércio-DF. “Praticamente nasci dentro de uma autoescola e vivi a maior parte da minha vida dentro desta Federação. Convivo aqui desde 1988 e me lembro de ouvir histórias contadas por Newton Rossi, o fundador da Fecomércio-DF. Fico muito emocionado com a homenagem e com o reconhecimento”, disse emocionado.

Postar um comentário

0 Comentários