Page Nav

HIDE

Grid

LIST_STYLE

Pages

Classic Header

{fbt_classic_header}

Header Ads

Destaques

latest

Engenheiro voluntário celebra um ano de sucesso do projeto Amor Cantado – Acolhimento Musical

  Iniciativa leva música aos pacientes internados em hospitais do interior de Goiás Foto: Divulgação Não importa o gênero, ouvir música é...

 

Iniciativa leva música aos pacientes internados em hospitais do interior de Goiás

Foto: Divulgação


Não importa o gênero, ouvir música é uma ótima alternativa para lidar com emoções e até mesmo controlá-las, principalmente em situações difíceis do dia a dia. Um estudo realizado pelo neurologista e professor da Unifesp, Mauro Mustak, e publicado pela revista Literartes afirma que as canções podem atuar, inclusive, como fator de melhora em doenças como depressão e Alzheimer.

Pensando nesses e em outros benefícios, o Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento – IMED, Organização Social que administra os Hospitais de Urgência de Trindade (Hutrin), Regional de Formosa (HRF), Regional de Luziânia (HRL) e Regional São Luís de Montes Belos – Dr. Geraldo Landó (HRSLMB) fez uma parceria, em agosto de 2020, com engenheiro Hercílio Ramos Júnior, que trabalha com música há mais de 15 anos, para dar voz ao projeto Amor Cantado – Acolhimento Musical.

Nesta semana, a iniciativa que tem por objetivo levar leveza, distração e saúde humanizada para os pacientes completa um ano de muito sucesso e excelentes resultados. São 48 edições, mais de 1.600 minutos de música, 7 mil visualizações e centenas de pessoas beneficiados pelo poder da música.

“O projeto Amor Cantado realmente faz a diferença no dia a dia dos pacientes e devemos muito ao nosso parceiro que todas as quartas-feiras se dispõe a ajudar o próximo. O carisma e as mensagens positivas do Hercílio ajudam muitas pessoas”, afirma Getro de Oliveira Pádua, diretor do IMED.

O engenheiro que é um dos principais responsáveis pelo êxito da iniciativa conta que a motivação para a doação de seu tempo todas às quartas-feiras surgiu depois de assistir Tempo de Despertar (1991), do diretor Penny Marshall. O filme foi baseado na autobiografia do médico neurologista Oliver Sacks que usava a música para o tratamento dos pacientes. “Esse filme mexeu comigo e comecei a fazer pesquisas e entrar em contato com psicólogos e fonoaudiólogos para iniciar o projeto que executo nesses últimos anos”, explica Hercílio Ramos Júnior.


“A música sempre me acompanhou. Estudei em conservatórios há mais de 30 anos e nos últimos 15 dedico parte dos meus dias participando de projetos sociais para levar música a quem mais precisa. É uma honra estar à frente do Amor Cantado nesse último ano”, conta.

A iniciativa é transmitida simultaneamente, por meio de live no Youtube, para os quatro hospitais de Goiás e cinco residências terapêuticas do município de Alfenas (MG). Para agradecer a dedicação de Hercílio, os diretores gravaram mensagens de agradecimento que foram ao ar na edição desta quarta-feira (4).

 

“A música traz vitalidade, conforto e bem-estar. Saber que estou contribuindo de alguma forma é muito emocionante e receber essa homenagem me deixou completamente sem palavras. Só tenho a agradecer pela oportunidade”, finalizou Ramos.

 

Nenhum comentário