Page Nav

HIDE

Grid

LIST_STYLE

Pages

Classic Header

{fbt_classic_header}

Header Ads

Destaques

latest

O gigante acordou. Milhares de pessoas foram às ruas neste 7 de setembro

A programação oficial da Independência da República, neste 7 de setembro, começou por volta das 9h, no Palácio da Alvorada em Brasília, com ...


A programação oficial da Independência da República, neste 7 de setembro, começou por volta das 9h, no Palácio da Alvorada em Brasília, com a solenidade de hasteamento da Bandeira Nacional. Ainda pela manhã, milhares de brasileiros foram às ruas a favor da liberdade, da democracia e do cumprimento à nossa constituição.

Após a solenidade, o presidente da República, Jair Bolsonaro, se dirigiu para a manifestação que aconteceu na Esplanada dos Ministérios, onde discursou em defesa da Constituição Federal, e a favor da liberdade.  

"Nós todos aqui, sem exceção, somos aqueles que dirão para onde o Brasil deverá ir. Temos em nossa bandeira escrito 'Ordem e Progresso. É isso que nós queremos. Não queremos ruptura, não queremos brigar com Poder nenhum. Mas não podemos admitir que uma pessoa burle a nossa democracia. Não podemos admitir que uma pessoa coloque em risco a nossa liberdade", declarou.

Vestidos com camisetas do Brasil, e portando faixas e cartazes, os manifestantes celebraram a aparição do chefe do executivo, que por sua vez discursou: "A partir de hoje, uma nova história começa a ser escrita no Brasil. Peço a Deus mais que sabedoria, força e coragem para bem decidir. Não são fáceis as decisões. Não escolham o lado do confronto. Sempre estarei ao lado do povo brasileiro".

A vice-líder do Governo no Congresso Nacional, a deputada federal Aline Sleutjes (PR), compareceu ao ato para manifestar o seu apoio ao presidente da República, Jair Messias Bolsonaro e reafirmar o seu compromisso a favor da liberdade do povo brasileiro.   
"Em Brasília pude mostrar em minhas redes ao vivo, o que grande parte da mídia não mostrou,  milhares de pessoas com bandeiras do Brasil, cartazes, faixas, camisetas,  bonés e chapéus verde e amarelo, que clamam por mudanças no país. Temos hoje a nossa segunda Independência, um marco histórico para o Brasil. Lutamos por liberdade, democracia e apoio ao presidente Bolsonaro. Foi realmente emocionante fazer parte desta manifestação ", afirmou. 

Após o pronunciamento, a parlamentar embarcou para São Paulo, onde participou também do ato na Avenida Paulista. A concentração aconteceu em frente ao Museu de Arte de São Paulo (Masp) e ocupou inúmeros quarteirões.  

"Eu estava em Brasília há poucas horas atrás e a minha emoção era tão grande quanto a que eu estou sentindo nesse momento. Brasileiros e brasileiras que saíram de seu conforto, que saíram de seus estados, que saíram de seus municípios e vieram lutar por uma única nação. A nação verde e amarela do nosso maravilhoso Brasil. Nós não temos que lutar somente por um futuro de liberdade. Nós temos que lutar pelo nosso presente, porque nós já perdemos a nossa liberdade", discursou Aline.  

Durante a sua fala, Aline Sleutjes encorajou a população a lutar por uma Nova Independência do Brasil. "Se você acredita no nosso Brasil, se você quer esse Brasil para os nossos filhos. Se você quer a nossa liberdade. Se você quer o cumprimento das nossas leis. Se você quer que esse nosso país continue sendo verde e amarelo e não vermelho. Venha conosco nessa grande luta".

Bolsonaro também esteve presente na capital paulista e discursou ao lado de Ministros de Estado, deputados, ativistas e apoiadores. Em discurso acalorado e enfático foi apoiado por todos ali presentes. "Quero dizer aqueles que querem me tornar inelegível em Brasília: 'só Deus me tira de lá'. "Aviso aos canalhas: não serei preso", disse aos manifestantes. 

Após todas as manifestações e demonstrações de carinho de milhares de brasileiros que lá estavam, os manifestantes começaram a deixar a Avenida Paulista de forma pacífica. O ato, de Direta, foi ordeiro e transcorreu sem incidentes, de forma organizada e patriótica. 
Este manifesto ficará registrado na história,  o povo lutando ao lado do seu chefe maior pela liberdade e respeito à nossa constituição.  Com certeza estes milhares de brasileiros voltaram para casa com a consciência tranquila e com a sensação de obrigação cumprida.

Nenhum comentário